É tetra: INTZ vence o 1° split do CBLoL 2019

Postado por Paula Medeiros 16 de abril de 2019 em League of Legends

Primeiro time brasileiro a conquistar pela quarta vez o título do campeonato

É incrível a sensação de escrever isso, um time que não estava entre os favoritos bater no maior e líder da tabela de todo o campeonato. Creio que nem a pessoa mais confiante ia prever uma série dessas.

O time estava determinado, desde 2017 não participamos de um playoff, chegar na final já tinha sido algo incrível, mas precisávamos ganhar. Esse foi o pensamento durante toda a semana. A preparação estava muito além dos treinos, a ajuda da psicóloga Natalia Zakalski foi essencial, se não a mais importante, com o Lucas “Maestro” Pierre, que estava motivando os meninos o tempo inteiro.

Estávamos todos apreensivos, dava para notar no olhar de cada um: atletas, comissão, staff, pais e amigos. Mas lá no fundo, tínhamos um fio de esperança, a fé ainda estava lá. Poderíamos ganhar, devíamos isso para nossos torcedores. A cada intervalo a comissão e os reservas davam mais incentivo.

“Uma vez, em 2015 um time de estrelas, taxado de favorito, foi derrotado por cinco garotos desconhecidos. Vocês lembram qual camiseta os cinco meninos estavam vestindo? Essa que vocês estão usando.”, foi uma das partes mais impactantes do discurso do Maestro antes de entrarem para o palco.

E depois de uma série que foi decidida no último jogo, em um lugar onde a maioria já dava o Flamengo por vencido, o INTZ vence e vira o primeiro tetracampeão brasileiro de League of Legends. A emoção tomou conta do palco, o coração acelerou e o grito de “o campeão voltou” ecoou pelos estúdios da Riot Brasil.

Mais uma vez o clube mais intrépido do mundo vence, mesmo não sendo o favorito para o título, mesmo muitos ainda desacreditando da capacidade de nossos atletas. Somos gratos a todos que apoiaram e estão apoiando o INTZ nessa fase, agora o time irá representar o Brasil no MSI 2019 no Vietnã.

E como o próprio Maestro disse, também temos que agradecer a todos que duvidaram, as dúvidas foram a principal motivação para conquistar a vitória. Obrigada Maestro, por conduzir tão bem sua orquestra.

Facebook Comments